Em poucas palavras…

EM POUCAS PALAVRAS…

No dia 19 de Abril de 1960, na Quinta da Mória, em Avessadas, Marco de Canaveses, realizou-se a cerimónia de bênção e colocação da primeira pedra do que viria a ser a Casa do Noviciado e Santuário do Menino Jesus de Praga.

Um ano depois, a 22 de Outubro de 1961, na presença do muito povo de Deus que, desde as primeiras horas da manhã acorreu ao Santuário em grande número, do Senhor Arcebispo de Mitilene, D. Manuel dos Santos, do Pe Geral da ordem Frei Anastácio do Santíssimo Rosário, do Pe Provincial Frei Gregório de Jesus Crucificado, foi sagrado e dedicado o Santuário por D. Florentino de Andrade e Silva, Administrador Apostólico da Diocese do Porto.

Nas palavras de D. Manuel dos Santos que pregou um fervoroso sermão, «a cerimónia foi extraordinariamente emocionante».
É que o novo templo fora consagrado para acolher as multidões de peregrinos que aqui se acolhem implorando as bênçãos do Divino Infante; e fora ainda concebido como viveiro e vinha florida onde se cultivam os que haviam sido chamados ao exclusivo serviço de Deus.

Ao longo dos mais de 40 anos de vida o actual convento foi sendo submetido a obras de restauro e adaptação que não alteraram a estrutura original.
É constituído por dois corpos iguais que estão separados pela Igreja do Santuário do Menino Jesus. As duas alas têm saída para o exterior e cada uma possui o seu claustro.

Inicialmente planeado para Noviciado, albergou ainda o Curso Filosófico e o Seminário Menor.
Em 1980 uma parte do Convento adaptou-se para Casa de Oração e em 1982, quando decorria o IV Centenário da Morte de Santa Teresa de Jesus, inaugurou-se o Centro de Espiritualidade com a presença de grande número de bispos e outras entidades religiosas e civis.